Segunda a Sexta: 9:30 às 18:00
(11) 3034-2469 / 3812-0169 / 3814-1359
Sábado das 10:00 às 18:00

Qual o diferencial da lâmpada na decoração vintage?

A decoração vintage utiliza objetos antigos como móveis e peças de decoração sem que passem por nenhum tipo de reforma. Uma vitrola, por exemplo, daquelas da década de 70 é uma peça vintage, desde que seja conservada com suas características originais.

O que diferencia o vintage do retrô é que o segundo estilo se inspira em peças antigas, mas estas passam por uma releitura, ganhando toques mais modernos.

É importante entender essa diferença. Sabendo exatamente que estilo você irá adotar, fica mais fácil pensar em acabamentos e iluminação.

Vintage é clássico

A decoração vintage apresenta um estilo mais clássico. Justamente por não adaptar as peças à realidade atual. Muitas são difíceis de encontrar por já terem passado por algum tipo de reforma ou repaginação.  O estilo clássico é também mais complicado de misturar com outras tendências e requer mais atenção nos detalhes como, por exemplo, a iluminação.

A iluminação é uma parte importante de qualquer projeto de decoração. Não adianta investir em móveis antigos e em um ambiente requintado se ao final do projeto ficar escuro ou claro demais.

Usando a iluminação a seu favor

A iluminação deve destacar o ambiente sem se sobrepor a ele. A escolha do tipo e modelo de lâmpada influencia, uma vez que tudo vai depender do ambiente. Um quarto não terá a mesma iluminação que uma sala, assim como a cozinha.

As lâmpadas mais recomendadas são:

  • Bolinha: são mais delicadas e muito utilizadas em abajures e espelhos. São as melhores opções para focos de luz.
  • Tubular: utilizada em ambientes mais amplos, que precisam de mais luz.
  • Globo: conhecida como lâmpada de bulbo e bem versátil na utilização.
  • Chama de vela: semelhante ao formato das chamas de uma vela, é muito utilizada em candelabros.

Todas podem ser encontradas em LED, em tom mais amarelado ou branco. Em geral, são fabricadas com filamento de carbono e têm o estilo de iluminação bem parecido com os primeiros modelos das lâmpadas criadas por Thomas Edison.

Mãos à obra!

Definido o projeto é hora de buscar a melhor opção para o seu ambiente. Modelos compactos ou pendentes variam de acordo com o estilo arquitetônico. Um arquiteto ou decorador pode ajudar na escolha do modelo ideal.

É importante estar atento às tendências que podem ser em um estilo mais industrial (com materiais como ferro e alumínio) ou de pop-art (muito inspirada na estética das histórias em quadrinhos). Para cada uma delas, utiliza-se um tipo de lâmpada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×